quinta-feira, 28 de junho de 2007

Alicerce, é besteira!

Como diria o velho ditado, Morcego que anda com joão-de-barro, vira assistente de pedreiro! Tudo remete às companhias que nos cercam. Ainda me pergunto se eu ainda convivesse com o Juracir, vizinho homossexual que morava ao lado da minha casa. Teria eu assumido um lado diferente do que sou? teria eu me abdicado de persistir na carreira como go-go boy? Nada teria sentido, a não ser imitar o juracir, cobrando valores justos e passeando de Z4. Mas o que é justo nesse mundo? seria o modo como pensamos ou deixamos de pensar, afinal cada um germina em si valores pessoais de acordo com aquilo que criou ao decorrer dessa vida, meu vizinho acha que o justo não é correto, e o correto não é justo (se bem que o justo dele não é igual ao meu). Para Pedro Álvares Cabral, o correto seria aventurar-se em busca de novos rumos, para Bruna Surfistinha seria rumar para novas aventuras. Tudo depende do ponto de vista e da escolha sexual de cada cidadão. Eu tenho a minha, você tem a sua! e que isso não saia daqui, como forma de assegurar a "macheza" de cada homem. Têm os que preferem se abster dessa discussão, há aqueles que fazem questão de serem compreendidos, e também existem aqueles que até hoje me pedem o telefone do Agenciador Juracir!

0 comentários:

 
Copyright 2010 pago bem!