quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Manual de auto-ajuda – parte 2

Dando continuidade a serie que ajudará os caras que não fazem sexo. Segundo passo: Reconhecendo a necessidade de ter uma fêmea Para os caras mais preparados que lêem esse texto, esse passo pode ser ridículo, não havendo razão de estar aqui, pois eu sempre sei quando preciso de uma mulher. Uma frase sábia: “Quem não conhece Paris, não sente falta!” Exato, nós sabemos quando precisamos de uma mulher, pois já as tivemos. Sabemos os prazeres De uma boa passada de mão, de um abraço, de um puxão de cabelo e outras coisas que partem disso... Entretanto, os Bananas que tentar aprender alguma coisa aqui não foram à Paris, portanto, não sentem falta, ou melhor, sentem, mas não percebem. 1. A necessidade se manifesta durante o inesperado. Você, Banana, já deve ter acordado com uma sensação estranha lá embaixo. Sim, é constrangedor. Mas constrangedor não pelo fato de você não conseguir caminhar direito, ou urinar para baixo, e sim pelo fato de que este é o primeiro sinal que você dormiu sozinho ao invés de esquentar-se nos braços de uma mulher. Entretanto, amigo, é preciso que você se antene. Não é somente ao acordar que seu amigo lhe dá sinais de solidão e tédio. Você pode ser pego de surpresa, usando aquela calça de abrigo, sem cueca, e seu amigo resolve “dar as caras”. Dito isso, por favor, cuide, pois ninguém é obrigado a ficar olhando o Dumbo na rua. 2. Merda Sim, merda é um sinal. Falar merda é um sinal. Aliás, falar muita merda é um sinal. A razão é simples: só quem não conhece mulher, ou não vê uma por muito tempo é que tem espaço na cabeça para ficar enchendo de merda. 3. Agenda do telefone vazia Esse sinal tem um genérico, popularmente conhecido como poucas amigas no Orkut (ou poucos recados de mulheres) ou poucos contatos no MSN. Aliás, oportuno falar sobre isso. Se você não tem MSN ou Orkut, arranje. É imprescindível para você trovar aquela pegada que você vai dar depois de ler o que lhe ensinaremos aqui, ou também para ver a mina que você pegou e não se lembra. Se você só liga e recebe recados de amigos, isso é grave. Mulher é como frieira, começa com um dedo, e logo se alastra pro resto do corpo. Se você é idiota de ainda não ter entendido o recado: mulher atrai mulher. Quanto mais recados femininos, mais chances de perder sua virgindade (ou fazer sexo de graça, pela segunda vez em sua vida). 4. Tesão por árvores Se você tem tesão por árvores, isso é um problema. Se você tem tesão por cachorro, isso é um problema. Se você acha aquela mesa de centro sexy, esqueça, tenha certeza que é melhor transar em cima dela. A única coisa que dá tesão é mulher. Logo, se você se sente atraído pela sua vizinha Adelaide, que recém conseguiu trocar o andador que ela usa e estava quebrado fazia 8 anos, esqueça, você precisa de uma mulher. 5. Masturbação Essa é fácil. Por favor, caia na real e perceba que sexo não é punheta. Sua melhor amante não é sua mão direita (esquerda para os canhotos). E não me venha com a desculpa de que com a sua mão direita você não precisa conversar logo após uma sessão de prazer, muito menos ela se preocupa se você dorme. NÃO. Masturbação não é normal (tá certo que no futuro desse manual você aprenderá a usar isso a seu favor, mas por enquanto cale-se e aprenda!). 6. Passatempos quaisquer (com exceção de noite, trago e mulher) Jogos de computador durante a madrugada, RPG, fantasias de anime japonês, carros mexidos ao extremo, jogos de vídeo-game, dormir cedo, Second Life, Youtube, Blogs, aprender mais de 3 línguas, saber ler aramaico de trás para frente, lamber o cotovelo, morder o nariz, patinação artística, transformismo, corte-e-costura, tricot, ballet, jazz, desenho animado, e sei-lá-mais-o-que não são coisas que deixarão apto a pegar gente. NÃO INSISTA. Outras coisas quaisquer, que façam você perder pelo menos 30 minutos de seu dia, também não deve ser coisa boa (exceto se for pensar em mulher – e nesses casos eu digo, 30 minutos é pouco), e portanto, devem ser perguntadas para a gente (garanto que te diremos se “seja lá o que for que você faz para passar o tempo” lhe é útil). Você já pode começar a perceber que para pegar mulher é fácil: você só precisa pensar em mulher. PORÉM, só pensar não basta, e depois lhe daremos as dicas que você, Banana, precisa. Pronto. Esses são os sinais que seu corpo lhe dá de que falta pegar mulher. Resumo da ópera: se você não está pegando alguém agora, é sinal de que lhe falta mulher, e é hora de correr atrás. Banana, atente para os sinais que seu corpo lhe dá. As reações dele querem dizer o que você precisa. Se você não está pronto para perceber o que o seu corpo quer lhe dizer, então você não está pronto para dar à uma mulher o que ela precisa (nesse caso, por módicos R$ 250,00 em minha conta, eu lhe direi o que precisa fazer). Agora, se você se encaixa EM QUALQUER UMA DAS HIPÓTESES ACIMA, seja bem-vindo amigo: você acaba de perceber que você é realmente Banana e está precisando de uma mulher. Próximo tópico: abordagem.

1 comentários:

Robinho disse...

Te enxerga, cresce e aprende a ser homem.

 
Copyright 2010 pago bem!