sexta-feira, 24 de agosto de 2007

A vida como ela não é.

Como é a sua vida? Ela sempre foi assim? Você está satisfeito? Como você gostaria que ela fosse? Que razões te levam a crer que algo deve mudar? Alguns questionamentos são importantes em nossas vidas, principalmente quando o fizemos corriqueiramente. Mas quais seriam esses questionamentos? Qualquer um. Qualquer coisa que se torna repetitiva acende uma luz amarela em nossa cabeça: o que me leva a acordar de mau-humor todo dia? Ir ao cerne da questão faz com que descubramos pensamentos ainda mais desafiadores. Por sua vez, estes pensamentos desencadeiam novas sensações, novos sentimentos, e, não menos importante, novos questionamentos. Você pode perguntar: “-Ah, então quer dizer que certos pensamentos não têm fim?” Sim. Nem tudo na vida acaba. Nem mesmo aquela novela mexicana ó-t-i-m-a que teve o último capítulo exibido ontem acabou. A prova disso é que você ainda pensa nela. Pensamentos e memórias são eternos, assim como a Dercy Gonçalves. Assim como a felicidade e capacidade de abstração que marcou a sua infância. O fato de crescer e amadurecer não suprime o sorriso fácil, o choro mole e a diversão boba... elas ainda estão dentro de nós. Agora, só redescobrimos o bonito quando olhamos para o feio. A vida da gente não é do jeito que pensamos ser, é do jeito como fazemos ela ser. Pensar é querer e se você não faz o que você quer, hay que preocupar-te, hermano.

3 comentários:

Beto disse...

duca
ducaramba..
gostei bastante brother..e vamos tocar o barco..pq o blog nao pode parar

hugs

Cláudia disse...

Sempre somos resultados das nossas escolhas !
O que pensamos e o que fazemos e questionamentos fazem parte de nós, e programar o destino e avaliar o caminho certo cd um faz o que acredita ser melhor para si ou mais facil de se atingir.
A vida como ela não é, vive em nosso pensamento e ela pode sempre vir a ser. Tudo depende de nós !

Cláudia disse...

E os assuntos polemicos do blog ???
onde estão ???

 
Copyright 2010 pago bem!