sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Feminino

Se de todos os beijos, abraços, carinhos e amores. Se de todos os olhares, trocas, cheiros e rubores.
Se de todas mulheres que amei, pudesse abstrair o sentimento, não haveria solidão. 
Se todas mulheres que desejei fossem minhas, uma vida de amores seria pequena.
Se cada curva que admirei fosse um obstáculo, todos os caminhos seriam tortuosos.
Se cada suspiro que elas me causaram fossem flores, as cidades dariam lugar aos jardins.
Se os momentos que perdi o fôlego fossem sorrisos, não haveria tristeza.
Elas foram feitas para ser admiradas. Tocadas. Beijadas. Amadas.
Se de todas que já tive pudesse repetir, completo estaria.
Rosto, lábios, olhos, cabelos, pernas. Cheiros, carinhos, olhares, beijos e amores.
Delas o mundo precisa. Delas sou escravo.
Da beleza feminina sou admirador.
Das mulheres, amante.
Para elas, dedicado.
Sempre.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Torta Fria é almoço?

Bem, tenho que concordar com tamanha precisão que o título desse post assombrou o almoço de um belo sábado, fruto de um tão esperado final de semana. Foi quando a frase ecoou em meus ouvidos. “-Hoje teremos torta fria de almoço!”. Prontamente ajustei meu “-COMO ASSIM? Sim, afinal se torta fria é almoço, minha vó é virgem! Sim, minha vó é virgem. Tá bom, então por que eu deveria me satisfazer com uma torta fria? Lamentavelmente meu apetite não foi aguçado pela junção de pão de forma, brócolis, cenoura maionese e pepino. Busquei no fundo de minha memória algum resquício da palavra “Carne”. Ouvi carne, uma chuletinha? Uma simples almôndega, ou até carne de soja? Não, não ouvi, e não ouviria então. Conformei-me de que a única saída era buscar a solução do fim do mundo (sim, a falta de carne é tratada como um apocalipse para mim), cortar algo proveniente do boi e misturar com arroz, formando o tal do carreteiro. Pois bem, me indago se penso singularmente ou se, em pleno maracanã, moveria uma “Ola” em prol da carne no almoço. Fico pensando se o Galvão Bueno narraria um churrasco com a mesma ênfase de “Rrrrrrronaaaaldo”. Diante de minhas convicções, notei que para algumas pessoas, torta fria pode ser almoço, pode ser café da manhã, pode ser o que quiser. Afinal, quem acredita que um monte de pão, agregado a maionese, brócolis e azeitona possa substituir uma refeição sagrada como meu almoço, pode crer também que eu sou vegetariano. Fui pra cozinha!
 
Copyright 2010 pago bem!