quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Como.

Incrivelmente o blog já completou um ano e meio. Mais um ano acabando, com saldo positivo, por isso o último post de 2008 é uma homenagem aos irmãos com que divido esta birosca (e aos leitores também). Ah, aos amigos não-leitores também.

E que venha 2009!

Como.

É bem verdade que o homem é produto de suas experiências.

É bem verdade que o caminho dele é repleto de tentativas e aprendizado.

É bem verdade que o resultado de tudo cria o seu caráter. Forma sua estrutura. Determina sua personalidade.

Como formar um homem de verdade?

É preciso ter amigos.

Conquistar pessoas.

Influenciar o próximo.

Servir de exemplo.

É saber rir nos momentos certos.

Chorar quando for preciso.

Agüentar o peso das responsabilidades.

Batalhar sempre.

É ter histórias para contar.

Sonhar.

Lutar.

Amar.

Ter um lugar que possa chamar de seu.

Plantar uma árvore e vê-la crescer.

Ter uma moral inabalável.

Uma família.

Ser lembrado pelas pessoas.

Ter atos e gestos que sejam exemplo e história.

Virar uma placa.

Uma lenda.

Escrever um livro e, se não tiver o dom, ter histórias para preenchê-lo.

Ter um olhar que mostre afeto e carinho.

Um abraço que ofereça conforto e segurança.

Uma postura firme. Forte. Decidida.

É ter um ideal.

É correr atrás do ideal.

É sonhar.

É transformar seu sonho em realidade.

É saber a diferença entre o bom e o ruim.

É fazer o bem acima de tudo.

É ser íntegro. Ilibado. Coerente.

É ser único.

Não é fazer sempre o certo.

É saber reconhecer o erro.

Aprender com o tropeço.

Levantar e seguir em frente.

Homem de verdade não é aquele que sabe de tudo.

É o que tem a experiência para saber onde procurar.

Aquele que busca incessantemente.

E quando encontra, ensina o caminho.

É rir. Gargalhar. Dirigir. Andar. Caminhar. Correr.

Jogar. Amar. Abraçar. Beijar.

Sonhar. Respeitar. Concretizar. Aceitar.

Pular. Refletir. Trabalhar. Questionar.

Que seu coração seja grande o suficiente para guardar todos aqueles que ama e que o admiram.

Que seu olhar diga mais coisas lindas que as palavras sábias que ele profere.

Que seu aperto de mão signifique pelo menos metade da sua segurança e sua integridade.

E mesmo assim ele continue sendo apenas uma pessoa. Humana e real.

Sigo os passos dos homens de verdade que conheci.

Meu pai. Meus avôs.

Meu caminho é único, diferente, como o deles.

Mas o desejo é o mesmo.

1 comentários:

Beto disse...

Um excelente 2009 aos amigos que dividem essa página repleta de pensamentos. Sucesso, abraço e que o jô nos convide para falar do blog em rede nacional!!!!!

 
Copyright 2010 pago bem!