terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Relacionamentos

Amor e paixão são sinônimos e antônimos. Se é da paixão que nasce o amor, ou do amor que nasce a paixão ninguém nunca conseguirá responder. A única certeza é que de um dos dois é que nascem os relacionamentos. Estes só se mantêm com base em uma coisa, simples: saber. Saber olhar, ouvir, sentir e conversar. Saber que no outro alguma coisa te atrai, te puxa, mas não saber explicar. Saber aquilo que o outro precisa, e saber reconhecer o momento de mudar. É saber que alguma coisa linda, especial pode ser construída a qualquer tempo, nem que para isso seja preciso desconstruir. É saber coisas que não se esperava saber, e ficar sem saber o que fazer. Agir como um bobo, sem saber a razão. Não parar de pensar até descobrir a motivação. Ficar nervoso até saber o momento certo de... O saber (ou o não saber) motivam nossos atos. Dão-nos coragem para fazer coisas que trarão bons frutos, mesmo que no início seja difícil. Saber cria paixões/amores. Estes são podem ser medidos. Não podem ser comparados. Só vividos e aproveitados. Alguns duram anos. Outros a vida inteira. Alguns duram tão pouco que mal podem ser identificados. São vividos intensamente, e só serão reconhecidos como amor muito tempo depois. Iguais ou não, pouco importa. O relacionamento pode durar, pode acabar, pode evoluir. O passado sempre existirá. A lembrança deverá ficar Assim como as alegrias e as tristezas, que nos ensinam a... Saber é amar/apaixonar. É se relacionar. É, no final, ter a certeza de que o que desejas (consciente ou inconscientemente) vai dar certo. Não importa quando.

9 comentários:

Alberto Rosa disse...

coloquei seu blog nos meus favoritos..

anota o meu ai: www.albertorosa.com.br

Beto disse...

Peter, fabuloso teu post!
Teu texto retrara um cotidiano doloroso, porém necessário!
Abs

Peter disse...

qualquer semelhança não é mera coincidência...

Re Berni disse...

Acho que tu estas na profissao errada...hehehe

Peter disse...

Pedro: Guru Sentimental. Nadal mal.

Peter disse...

Adendo: apenas falo o que penso. Não analiso terceiros.

Peter disse...

complementando: a não ser que paguem bem.

Re Berni disse...

hehehe... olha que hoje em dia, The Love Guru eh o q ha! E pagam muuuito bem

Peter disse...

Quanto estão dispostos a pagar?

 
Copyright 2010 pago bem!