domingo, 5 de julho de 2009

Doce e Amargo

Estava eu tomando um bom e reforçado café da manhã, como não gosto de café e nem de leite estava bebendo suco de laranja. Era uma mordida na torrada e um gole de suco. Pra dar aquela finalizada e manter-me nutrido para mais um dia de trabalho, fui finalizar o desjejum com um danoninho. Mas acontece que logo depois que eu acabei o danoninho fui tomar um último gole de suco e ai surgiu este texto que vos escrevo. O suco de laranja ficou muito mais amargo depois de comer o danoninho, o que me fez perceber que o amargo é muito mais amargo quando já se conhece o gostinho do doce. E o contrário também é verdadeiro, o doce fica mais doce depois de já ter tido o gosto amargo na boca. Qual é o melhor gosto o doce ou o amargo? Depende do momento, tem momentos que queremos um sábado de noite encerrado com um petit gateu a dois, e em outras com uma cerveja entre amigos. Os dois são necessários, e se um não existisse seria a desgraça do outro. A vitória só é doce quando se sabe o gosto amargo da vitória. Darei aqui um exemplo que se encaixa perfeitamente. Roger Federer ia, no último Wimbledom, rumo ao seu sexto título consecutivo, quando surgiu Rafael Nadal em seu caminho, com certeza foi a derrota mais amarga de sua carreira, justamente por estar tão acostumado com a doçura do tradicional morango com chantilly inglês. E em contrapartida seu último título de Grand Slam deve ter sido o mais doce de sua vitoriosa carreira, em Roland Garros, onde seu algoz em Wimbledom nunca tinha perdido na vida!! Isso quando ninguém mais acreditava! Docíssimo! Acho que é mais ou menos quando se é criança, o chocolate só vem depois do bife de fígado. Quanto mais saboreamos o amargo mais doces serão os doces.

8 comentários:

Peter disse...

Inspirar-me-ei e comentarei com a boa e velha contrapartida, já que gosta de achar o doce mais doce depois do amargo!

E te desafio a escrever com algum exemplo que não seja do universo das quadras... hehehehehe

Beto disse...

Olha, críticas a parte.. Mto bom o texto. Mto boa metáfora entre doce e amargo.

Realmente a busca por gostos e satisfações incorpora um universo que transparece muita gratidão quando se busca um ou outro.

Belo foco!

Peter disse...

Antonímias podem ser lindas e, quiçá, complementarmente transformadas em sinônimos (se quiserem explico isso em outro momento).

Entretanto não ache que seja necessário saborear o amargo para aproveitar o doce ao máximo.

Disseste tudo que é necessário para compreender meu ponto de vista: "Depende do momento"

O momento é quem define o doce ou o amargo. E saborear essa nuance deve ser feita com dedicação, exatamente naquele momento.

Não fui claro?

O que é doce agora, amanhã poderá ser amargo. A definição do "doce" ou do "amargo" está no momento.

Por isso, o doce é mais doce não quando se sabe o sabor do amargo, mas sim quando o momento está para o doce.

Concluo: aproveite o momento ao máximo. Leve o momento ao limite. Extrapole e amplie o limite. Saia da casa, alucine, e o limite do momento será expandido. O momento será eternizado, e assim poderá aproveitar todas as nuances do doce, todas as formas, cores e aromas. Todos os cheiros e sabores. Todo o doce. E talvez o doce será mais doce do que ele mesmo era poucos segundos antes.

Peter disse...

Perdão: não acho (ao invés de ache).














Ok. Assumirei: é bom uma confusão como um doce picante, o gelo quente ou um calor que gera arrepios...

Teuso disse...

Bah Peter extrapolou no momento que escreveu esse comentário! hehehe

Beto disse...

bem...eh um assunto q nao tem fim..doce ou amargo, cada qual traz suas características quando quem o notar estiver melhor preparado. Quando o doce vem em boa hora, uma administração de "doce" é bem possível, ao contrário de quando ele não é aguardado, trazendo uma sensação de nem tão doce assim.

Meus doces são muito doces, teus doces podem ser insonsos, os doces do outro podem ser gelados... eh uma junção de açúcar que varia com o paladar e o tato de cada um! mesmo assim acredito que ser doce ainda eh mais viável que o "ser" amargo...

bj

A Publicitária disse...

uouououoou
passei por aqui! bjosss

Samantha disse...

Realmente adorei o texto! Muito bem escrito, e com um exemplo que se encaixa perfeitamente no contexto! Muito bom mesmo.

Beijos.

 
Copyright 2010 pago bem!