terça-feira, 15 de março de 2011

Para entender as mulheres...

Se você, meu amigo, ainda não entendeu as mulheres, este texto é para você.

Este texto também é para você que ainda não sabe como discutir uma relação, ou, ainda, está pensando sobre o que sua mulher espera de você (continuação clara do texto 'Discutindo a relação?').

O motivo

Ainda questionando o que faz tantos casais e pessoas infelizes quando o assunto é relacionamentos, e ainda questionando os motivos pelos quais só vejo/escuto uma ideia nos últimos dias, tive uma iluminação.

Um fenômeno fará show hoje, dia 15/3, em Porto Alegre. Este texto e todas as mulheres do mundo serão metaforizadas e personificadas na pessoa da (estonteante) Shakira. Os exemplos seguirão com o clipe de sua música Gyspsy:


Goste ou não do exemplo, a ideia deste texto vale mais do que a música ou a cantora.

O tapa

O que levará várias mulheres ao show da Shakira em Porto Alegre, São Paulo ou Rio de Janeiro? Extrapolando fronteiras, o que leva milhares de mulheres a gostarem da Shakira?

Simples.

A Shakira é aquilo que toda mulher quer ser.

Observem, meus caros, as mensagens que ela passa no clipe e na letra de sua música.

A cantora é uma mulher procurando uma complementação. É a viajante que não fixa raízes e quer que seu parceiro largue tudo para seguir com ela. A mulher que quer um homem que tenha a segurança suficiente para aceitá-la como ela é.

A mulher que sofreu e ficou marcada, mas que não vai deixar com que isto afete os seus sonhos. E, pode ter certeza, ela vai persegui-los com todas as suas energias (e que não são poucas)!

A mulher que é forte e segura a ponto de dançar provocantemente, mas que cederá quando seu parceiro a abraçar. A mulher antítese: forte e fraca, quente e fria, independentemente dependente, loucamente consciente.

Mais claro do que isso impossível.

É a mulher que quer se exibir para seu parceiro. A mulher que quer ser protegida por ele, provocada, desafiada, preenchida. A mulher que quer desbravada, que as infinitas personalidades dela sejam descobertas.

É a mulher mulher. Feminina:


A proposta

Pare de tentar entender as mulheres. Isso não importa (definitivamente).

Concentre suas energias para aprender com sua parceira.

As mulheres, meu caro, são um furacão. Seja corajoso e aprenda a conduzir essa energia. 

Pago bem por um mundo onde as mulheres são aquilo que elas efetivamente querem ser.

domingo, 13 de março de 2011

Discutindo a relação?

Esse não é um texto para você, mulher. É um texto para você, homem.

Os comentários não são para você, homem. Os comentários são para você, mulher. Começo.

O motivo

Não sou nenhum expert em relacionamentos. Não cursei psicologia, não sou casado e muito menos trabalho com isso. Agora, sei observar. Mais do que isso: sei errar e tentar aprender com meus erros e os erros dos outros.

Tenho ouvido, mais do nunca, histórias sobre relacionamentos e sobre tentativas de relacionamento. Todas esbarram nas mesmas coisas e, portanto, não se engane: teu relacionamento é (foi) completamente igual a todos os outros. 

Sorry, mas é a verdade nua e crua.

Agora, não vou ficar discutindo as infinitas possibilidades e meios disso tudo. Não. Meu tempo é mais precioso e isso já foi dito por aqui (fidelidade e tudo mais). Vou focar apenas em um dos lados: o lado masculino da relação, e é por isso que este texto não é para você, mulher. Agora, aproveite e comente aqui a sua percepção sobre o nosso papel.

O tapa

Não vou fazer um texto longo e com firulas.

É um texto objetivo e simples. Como devem ser as atitudes de um homem que contempla o infinito de possibilidades que é o sexo feminino:


Questiono: você sabe o que sua parceira quer de você?

Não importa o que você tenha respondido: você está errado!

Sua companheira quer isso que você respondeu e muito mais.

Ela quer ser ela mesma.

Ela quer ser provocada. Ela quer ser explorada. Ela quer apenas ser abraçada.

Se ela trabalha demais, ela quer ser compreendida. Quer chegar em casa e descansar, apenas.

Ela quer ser descoberta, aos poucos. Quer que você a trate com carinho e respeito, até o ponto em que ela sente que o seu abraço é o lugar mais confortável e seguro do mundo. É nesse momento que ela será mulher.

Ela, importantemente, quer ser valorizada.

Respondendo a questão: sua parceira quer que você saiba quem ela é, mesmo que ela não saiba.
Por isso existem duas coisas que fazem a diferença: conversa e coragem.

Se algo não está bom no relacionamento, seja corajoso e coloque as cartas na mesa. Converse. Troque. Sim, troque.

Escute sua parceira, e aprenda com o que ela tem para te dizer. Leia as entrelinhas e compreenda a mensagem que ela vai te passar, sem dizer.

Tente. Tente muito. Seja persistente e inove. Ouse.

Seja o mar em que ela quer se banhar.

A proposta

Sem propostas dessa vez, e sim uma ordem: seja homem, meu amigo.

Take your best shot e explore todas as mulheres que existem dentro da sua mulher. Aprenda com todas as expressões que criam uma pessoa nova naquela única pessoa que está na frente de você:


Dê a ela sempre aquilo que ela quer, sem que ela tenha consciência disso. Seja a surpresa que ela merece.

O relacionamento pagará bem, muito bem, por essa atitude.

Editado: texto com continuação aqui - Para entender as mulheres...
 
Copyright 2010 pago bem!